quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Veja como Collor e Lulla mudaram de idéia em relação aos Sarney!

Todos que vem acompanhando a crise no Senado sabem do apoio descarado de Lula ao até agora presidente da Casa, José Sarney. O Presidente da República se rasga em elogios, defende a permanência de Sarney no cargo, desautoriza petistas contrários e chegou a afirmar que José Sarney "não é uma pessoa comum".

Todos também viram o bate boca entre os senadores Pedro Simon (que pedia a renúncia de Sarney), Fernando Collor de Mello e Renan Calheiros (que defendiam o presidente do Senado). Essa dupla, Collor e Renan, vem agindo intensamente nos bastidores e no Plenário para proteger e assegurar a permanência do maranhense no cargo.

Mas nem sempre foi assim. Tanto Lula quanto Collor já foram críticos ácidos de Sarney no passado, faziam ataques pessoais e não davam nenhuma margem para que qualquer um imaginasse o cenário atual. Vejam alguns vídeos que mostram a opinião dos dois há 20 anos:




Seria engraçado, se não fosse trágico. Dois homem públicos, um ex-presidente e o atual presidente, não honram sua palavra. Não tem nenhuma ética, moral ou coerência. Os dois, inclusive, eram ferrenhos adversários. Hoje em dia...

Poderia mostrar inúmeros vídeos onde Lula e Collor se atacam ferozmente, mas o foco aqui é a união deles para salvar Sarney. É absurdo, é imoral! Quem muda de opinião dessa forma, de acordo com a conveniência, não tem caráter, não merece respeito, muito menos deveria ocupar um cargo público, quiçá o mais alto posto da Nação.

No Twitter, disse Millôr Fernandes:
No Congresso Nacional, uma mão suja a outra.

Nenhum comentário: