quinta-feira, 4 de junho de 2009

Para Eduardo Paes, educação não é prioridade no Rio!

A cada dia, Eduardo Paes me surpreende e preocupa mais. Em decreto do dia 26 de maio, o prefeito depreciou a educação na cidade do Rio em favor das empreiteras e construtoras! Antes desse decreto, a legislação municipal determinava que os responsáveis por empreendimentos imobiliários dessem como contrapartida à Prefeitura a construção de escolas na área do investimento, ou em outra área onde uma escola fosse mais necessária, se assim determinasse o Governo Municipal.

Veja o decreto n°. 30754, de 26 de maio de 2009, de Eduardo Paes:
"Art. 1.° Fica revogado o parágrafo único do artigo 5.º do Decreto 18.437/00, incluído pelo Decreto n.º 30.627/09. Texto anterior: 'Parágrafo Único. A construção e reforma de escola(s) será considerada prioritária sobre as demais demandas de equipamentos urbanos comunitários públicos da administração municipal.'"

Educação deixa de ser prioridade!

Nos últimos 8 anos, foi construída uma sala de aula por dia! Será que Paes acha que o trabalho de Cesar Maia foi satisfatório, e por isso não é mais prioridade investir em construção de escolas? Ou será que essa medida é para atender aos interesses dos especuladores imobiliários, maiores financiadores da campanha de Eduardo Paes, que agora poderão construir uma bela praça para valorizar ainda mais seus empreendimentos?

Nenhum comentário: