quarta-feira, 10 de junho de 2009

Garotinho oficialmente fora do PMDB!

Agora é oficial. Garotinho se reuniu hoje com Michel Temer, presidente licenciado do PMDB, e depois com Iris de Araújo Resende, presidente em exercício do partido, para entregar uma carta com seu pedido de desfiliação. No próximo dia 22, filia-se ao PR, partido pelo qual deve disputar o cargo de Governador do Rio em 2010. Quem traz a notícia em primeira mão é Lauro Jardim, na coluna Radar On-line, da Veja.
Apesar de ter disputado a presidência contra Lula e de muito criticá-lo nos últimos anos, Garotinho disse que vai apoiar Dilma Rousseff no próximo pleito, já que "é amigo de Dilma e militaram juntos durante muitos anos no PDT". Além do mais, o PR é da base aliada.

O ex-Governador afirma que, no entanto, será muito difícil que suba em palanque por Dilma ao lado de Sérgio Cabral, seu pricipal desafeto e adversário no Rio. Seu último encontro com o atual Governador, desde a posse do mesmo, teria sido há dois meses, quando este lhe pediu que não saísse do PMDB. Garotinho teria sido enfático: "Agora é tarde. Faltou consideração da sua parte". No entanto, não faz crítica pessoal contra Cabral, ele só não teria "vocação para o Executivo".
Com a disputa entre Cabral e Garotinho em 2010 se concretizando, já que ocorre troca direta de votos entre os dois, o cenário fica mais favorável para o candidato que virá da coligação PSDB-DEM-PPS-PV, já que Garotinho enfraquece Cabral, mas tem alto índice de rejeição. Façam suas apostas!

Nenhum comentário: